funeraria

Professores do RS relatam impacto de pane global do WhatsApp: 'É uma ferramenta pedagógica', diz educadora

Por Redação em 04/10/2021 às 18:03:51
Docente de escola de Gravataí diz que alunos em modo remoto terão que remarcar atendimento por aplicativo. Para produtora de conteúdo, problema com redes afeta relação com clientes e provoca reflexão sobre dependência. WhatsApp no celular

Divulgação

A pane global dos aplicativos WhatsApp, Instagram e Facebook afetou a segunda-feira (4) de trabalho de muitas pessoas em todo o mundo e o dia foi de busca por alternativas. Na educação, professores do Rio Grande do Sul relatam dificuldades para atender alunos.

A professora Najla Diniz, que dá aula de português e religião para alunos do 6º ao 9º ano de uma escola municipal de Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre, ficou sem atender estudantes em modo remoto.

"Hoje eu tenho três períodos de atendimento no WhatsApp e isso não aconteceu. É o momento que eles têm para tirar dúvidas, para perguntar sobre o que precisam fazer. É uma ferramenta pedagógica", explica.

O QUE SE SABE: como a pane começou e o que falta explicar

ALTERNATIVAS: como funcionam SMS, Telegram, Signal e Twitter

REAÇÕES: memes invadem o Twitter com a falha nas redes

As atividades desta segunda ficaram restritas aos alunos que retomaram as aulas presenciais. Além deles, a educadora atende aqueles que não têm internet e retiram as tarefas impressas na escola. Entre 15 e 20 estudantes com horário marcado por WhatsApp terão que remarcar o atendimento.

"O atendimento semanal deles ficou prejudicado. Eu vou ter que ir no grupo das turmas", diz Najla.

RS: Celulares de criminosos são doados a estudantes

O professor Alexander Magnus, diretor do curso Magnus História, teve que redirecionar o agendamento de atendimentos de alunos para o aplicativo Telegram e para o e-mail.

"Os plantões ocorrem via Zoom, mas o agendamento era todo por WhatsApp", comenta.

Produção de conteúdo

A produtora de conteúdo Jessica Hubler, de Torres, no Litoral Norte, trabalha com as redes sociais afetadas e ficou sem poder atender seus clientes. Veja vídeo abaixo

"A queda do Facebook, do WhatsApp e do Instagram impactou de forma expressiva o meu trabalho como social media. Eu trabalho diretamente com marketing digital, eu faço a gestão de redes sociais de várias empresas e também trabalho com anúncios em redes sociais", explica.

"Meu trabalho estacionou", diz produtora de conteúdo sobre pane de aplicativos

As horas de pane também fizeram a profissional refletir sobre como as pessoas se tornam dependentes dos aplicativos no dia a dia.

"De que forma a gente pode mudar essa situação, aproveitar esta oportunidade para repensar os canais de comunicação com os clientes e, de fato, não ficar dependendo de uma empresa específica", questiona.

Operadoras de internet e telefonia registram problemas

Telegram tem instabilidade após pane no WhatsApp

Instabilidade

Ao g1, o Facebook informou que está investigando o motivo dessa instabilidade. O WhatsApp, marca da empresa de Mark Zuckerberg, publicou no Twitter dizendo estar ciente dos problemas com a rede.

"Estamos trabalhando para que as coisas voltem ao normal e enviaremos uma atualização assim que possível", disse a empresa.

O Instagram, outra rede social do Facebook, também comentou sobre a instabilidade. "Conte com a gente, estamos em cima disso", escreveu.

VÍDEOS: Tudo sobre o RS
Comunicar erro

Comentários

Acompanhantes em Goiania