funeraria

VÍDEO: Filho grava pai trazendo doações em meio a alagamento no RS: 'orgulho de um pai assim'

.

Por Redação em 16/05/2024 às 14:35:42
Isolados por causa dos temporais que atingiram o Rio Grande do Sul, pai e filho começaram a registrar dia a dia no interior de Agudo. Vídeos viralizaram nas redes sociais. Filho grava pai atravessando alagamento com doações no RS: "orgulho de um pai assim"

Em meio a uma área alagada de Agudo, na Região Central do RS, Leonardo Speridião Pape, de 11 anos, filma o pai se aproximando. Altair Pape aparece carregando uma sacola com donativos.

"Aquele lá é o pai, ó. Pai ganhou a cesta básica. Daí veio de lá carregando nas costas. Não tem guarda-chuva, não tem nada. Dá pra ter orgulho de um pai assim. Isso sim que é pai", diz o garoto, em um vídeo que já conta com milhares de visualizações nas redes sociais.

Atingidos pelas enchentes, pai e filho resolveram registrar os momentos vividos na casa onde permaneceram sozinhos por alguns dias.

Já passa de 151 o número de vítimas dos temporais que atingiram o estado entre o fim de abril e a primeira quinzena de maio. Conforme o relatório da Defesa Civil divulgado no fim da manhã desta quinta-feira (16), 104 pessoas estão desaparecidas.

Altair enfrentou enchente para chegar em casa em meio à área alagada em Agudo

Reprodução/RBS TV

A mãe de Leonardo estava grávida e foi resgatada de helicóptero no início do mês, quando chovia muito na região. Altair e Leonardo ficaram sozinhos, na residência em Nova Boêmia, localidade a 17 km do Centro de Agudo.

"Ficamos isolados, eu e ele sozinho, sem vela, sem luz, sem água, sem internet, sem nada", diz. Com pouca comida em casa, o pai precisou caminhar 3 quilômetros para deixar a localidade e conseguir donativos. Também aproveitava para conseguir sinal de celular para falar com a esposa, que deu à luz após o resgate.

Família se reuniu após mãe ficar abrigada durante enchente em Agudo

Reprodução/RBS TV

Relatar os dias isolados e longe da mãe foi uma forma de distração para Leonardo. "A gente subia para pegar sinal para falar com a mãe, descia para casa. Daí chegava em casa, comia bolacha com café e dai dormia", relata o menino.

Clenir Teresinha Sperdião deu à luz Ravena, e passou dias em um abrigo com o bebê e a mãe, até voltar para casa.

Os vídeos, postados pelo pai em uma rede social, têm comovido a internet. Altair já conta com mais de 140 mil seguidores.

VÍDEOS: Tudo sobre o RS
Comunicar erro

Comentários

Acompanhantes em Goiania