funeraria

Médica do Acre que desapareceu em Santa Catarina após fugir de enchente no RS é encontrada pela família

.

Por Redação em 16/05/2024 às 13:04:41
Sabrina Antônia da Silva morava no Rio Grande do Sul com a filha de 5 anos e foi para Santa Catarina fugindo da enchente. No estado catarinense, ela foi assaltada e teve os bens levados. Segundo a família, a médica teve um surto, desapareceu na segunda (13) e foi encontrada na última terça (14). Sabrina está internada em um hospital de Santa Catarina

Arquivo da família

A família da médica acreana Sabrina Antônia Paiva da Silva, que morava no Rio Grande do Sul há seis meses, conseguiu contato com ela e confirmou ao g1 que a profissional está internada enquanto espera a tia Maria do Perpétuo do Socorro Paiva de Oliveira buscá-la.

Sabrina saiu de Porto Alegre (RS), uma das cidades afetadas pela enchente, com a filha de 5 anos e alguns pertences em busca de refúgio e abrigo em Santa Catarina, estado vizinho. Ela se mudou para o Sul para trabalhar como médica após receber uma proposta de emprego.

"Ela fugiu da enchente, pegou a estrada para Santa Catarina e lá em Balneário Camboriú ela teve um surto. Foi assaltada, as coisas dela sumiram e ficou só com a filha de 5 anos largada na rua vagando. Ela foi de ônibus para Santa Catarina", explicou a tia da profissional.

Enquanto vagava pelas ruas com a filha, a médica foi acolhida por uma mulher que a levou para uma igreja, conversou com ela e descobriu que a médica é do Acre. Foi essa mulher quem acionou, na segunda-feira (13), o Conselho Tutelar e as equipes de assistência social para socorrer a acreana.

"Uma senhora ajudou ela, conversou com ela por quatro horas e conseguiu fazer com que dissesse de onde era, o nome da mãe dela e, assim, ela nos encontrou", contou.

???? Contexto: Chegou a 151 o número de vítimas dos temporais e enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul entre o fim de abril e a primeira quinzena de maio. Conforme o relatório da Defesa Civil divulgado na manhã desta quinta-feira (16), 104 pessoas estão desaparecidas. O governo estima que a população afetada pelo evento climático seja de 2,2 milhões de gaúchos. Dos 497 municípios do RS, 458 registraram transtornos.

Sumiço

Ainda segundo Maria do Perpétuo Socorro, as equipes de assistência social da cidade colocaram mãe e filha dentro de uma van e iriam levá-las para um abrigo. Contudo, enquanto estavam a caminho, Sabrina abriu a porta do veículo, pulou e sumiu.

A família foi avisada no Acre do sumiço da jovem e iniciou uma mobilização para encontrá-la. Por meio das redes sociais, os familiares começaram a divulgar cartazes com a foto da médica em busca de notícias.

A médica foi encontrada na tarde dessa terça (14) por bombeiros de Santa Catarina. "Espalhamos cartazes por tudo que é canto, coloquei o número do meu celular e muita gente foi me mandando mensagem dizendo que tinha visto ela. Essa senhora [que levou a médica para a igreja] avistou a Sabrina, que estava surtando de novo, e chamaram os bombeiros", lamentou.

Sabrina está internada em uma unidade de saúde. Já a filha da médica segue em um abrigo. Na terça foi realizada uma audiência judicial e a guarda da criança foi repassada para Maria do Perpétuo Socorro, que viaja para o estado catarinense na noite desta quinta (16) para buscar as familiares.

"Vai ficar internada até eu chegar. Chego lá na sexta, dia 17. Ela estava trabalhando, não sei dizer onde exatamente, mas estava trabalhando, a filha estudando e tinha uma pessoa que cuidava da menina. Não sabemos o que aconteceu, ninguém tem conhecimento, nunca tinha surtado assim", complementou.

Maria do Perpétuo afirmou que conseguiu falar com a sobrinha nesta quarta (15), contudo, ainda não está claro a cronologia dos fatos porque a médica não conseguiu contar os detalhes.

Sobe para 151 o número de mortes por causa da chuva no Rio Grande do Sul

Reveja os telejornais do Acre
Comunicar erro

Comentários

Acompanhantes em Goiania