funeraria

Danças tradicionais na beira da praia viram febre no RS

Vídeo publicado nas redes sociais estimulou dançarinos de centros de tradições gaúchas a postar 'dancinhas' na areia.

Por Redação em 13/02/2024 às 11:04:22
Foto: Reprodução internet

Foto: Reprodução internet

Vídeo publicado nas redes sociais estimulou dançarinos de centros de tradições gaúchas a postar 'dancinhas' na areia. Gravações já foram realizadas no MT e até em Paris, na França. Tudo começou com um vídeo recebido pelo coreógrafo do Desafio Farroupilha e influenciador digital Juarez Paiva, do perfil O Mundo do CTG, com integrantes da invernada xirú do CTG Felipe Portinho, de Marau, dançando o "Xote de carreirinha" na beira da praia. O efeito cascata foi imediato, e Juarez não parou mais de receber imagens de grupos de danças repetindo a brincadeira.

"Programamos viagem de férias e no último dia fez um pouco de frio e resolvemos dançar pra aquecer. E como a gente ia faltar ao ensaio na semana seguinte, a gente fez uma brincadeira de ensaiar na beira da praia. Já rodou o mundo esse vídeo", conta Kátia Schu, integrante da invernada.

Danças tradicionais na beira da praia viram febre no RS

A repercussão surpreendeu o influenciador.

"Começou de forma natural. Aí começou uma onda muito grande, em vez de um hit nacional, os gaúchos decidiram valorizar as danças tradicionais. Muito legal esse movimento", afirma Juarez Paiva.

Além de dezenas de vídeos do Rio Grande do Sul, já tem coreografias realizadas em outros estados e até no exterior. No Rio de Janeiro, o prefeito de Encantado e ex-patrão do CTG Giuseppe Garibaldi, Jonas Calvi, aproveitou o fim de um desfile na Marquês de Sapucaí, tirou a primeira-dama pra dançar o "Maçanico".

No Mato Grosso, crianças do CTG Pioneiros do Centro-Oeste, de Canarana, apresentou o "Careca caiu na água". Já em Paris, os noivos Everton Silveira e Janaina Quintana dançaram um chamame ao pé da Torre Eiffel.

Comunicar erro

Comentários